0

Diferenças, mídia e sociedade: gênero e sexualidade na era digital

Responsável: Fernando de Figueiredo Balieiro (Professor Adjunto de Sociologia da UFSM e Pesquisador Associado ao Quereres)
Resumo: O presente projeto de pesquisa visa desenvolver análises sobre as representações de gênero e sexualidade nas mídias contemporâneas com o foco no contexto brasileiro. Concebe-se que as mídias de um lado constituem e restringem os enquadramentos possíveis sobre gênero e sexualidade, dentro de regimes de representação específicos e, de outro lado,  são parte constitutivas dos mecanismos de subjetivação e dos processos identitários contemporâneos. Neste projeto, abordando as mídias tradicionais e digitais, serão analisadas as mudanças nas formas de expressão de gênero e sexualidade contemporâneas, mas também a reprodução de estereótipos convencionais de gênero e sexualidade e as formas controle e regulação de gênero, bem como a formação de cruzadas e/ ou pânicos morais envolvendo mudanças nos padrões convencionais de gênero e sexualidade. Trata-se de um projeto temático de amplo escopo, abrangendo pesquisas desenvolvidas pelo professor pesquisador, bem como aquelas desenvolvidas por meio de orientações. Tais pesquisas terão como foco  produtos televisivos, fílmicos e especialmente aqueles focados nas mídias digitais. 
 
Palavras-chave: Gênero – regulações – subversões – mídias – cruzadas morais