0

Percepções de profissionais de saúde sobre direitos sexuais e reprodutivos na cidade de São Paulo

Responsável: Prof. Dr. Richard Miskolci (UNIFESP)

Financiamento: FAPESP

Resumo: O projeto tem como objetivo identificar e analisar percepções de profissionais de saúde da cidade de São Paulo sobre direitos sexuais e reprodutivos. Nesse sentido, buscará criar um mapeamento qualitativo das seis coordenadorias regionais de saúde do município por meio da aplicação de questionários a 48 profissionais de doze unidades básicas de saúde (4 em cada) assim como 30 entrevistas semi-estruturadas: seis com os coordenadorxs regionais e as outras 24 com gerentes, médicxs, enfermeirxs e agentes de saúde em uma UBS de cada regional no período de dois anos previstos para a pesquisa. A análise dos questionários e das entrevistas será feita com o uso de softwares e análise do discurso a partir dos estudos de gênero e sexualidade, fontes da saúde coletiva e sociologia da saúde assim como dos demais materiais documentais sobre a temática que serão levantados durante a investigação. Dentre os resultados a serem alcançados está a identificação dos determinantes das percepções sobre direitos sexuais e reprodutivos gerando base empírica para futuras propostas de formação e aperfeiçoamento de profissionais na temática.

 

Palavras-Chave: Direitos Sexuais e Reprodutivos; Sexualidade; Gênero; Saúde; Direitos Humanos

 

Abstract: This project aims to identify and analyze health professionals’s perceptions about sexual and reproductive rights in the city of São Paulo, Brazil. It will create a qualitative mapping of the six regional health coordenations of the city by applying 48 questionaires to professionals that work in 12 health basic units (HBU) as well 30 semi-strutured interviews: 6 with the regional coordinators and – 4 in one HBU in each regional – totalizing 24 in-deph interview with managers, physicians, and health agents during the two year research chronogram. The questionaires and interviews will be analysed with the use of softwares, discourse analyses based on gender and sexuality studies, collective health and sociology of health as well using the documental sources that will also be studied during the research. Among the expected results is the identification of determinants of perception about sexual and reprodutive rights what can constitute an empirical base for future proposals of formation professionals on this thematic.

Key Words: Sexual and Reproductive Rights; Sexuality; Gender; Health; Human Rights